…a nova pequena em vista

Congelar, imobilizar, fazer do tempo um ápice em que escolhemos a duração do momento, da luz, do plano, do enquadramento e da profundidade. Em que somos como caçador e presa, sabendo que o disparo terá sempre consequência, seja ela fracasso ou sucesso. O resultado esse também fica imobilizado mas não inerte, capaz de nos assolar com um frio na espinha e vincar-se na memória. O silêncio apenas quebrado pela respiração controlada que antecede o disparo. O som do obturador que precipita a quebra de ansiedade tipica de uma nova e iminente descoberta.

d80.jpg

Tenho uma nova “pequena” em vista. Eu sei que a minha Panasonic de DV ficará com algum ciúme… mas para fotografar… Nao há nada a fazer. Terá de ser esta.

Já imagino o som mágico do obturador e do espelho… A quebrar e a saciar o meu desejo de criação, de imobilização, de tornar tudo um ápice para sempre disponível à exaustão.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s